Sorry, your browser doesn't support Java.

Nádia Maria S. Coelho

( Professora e moradora de Mauá)

     Lembro-me de um tempo, não muito distante, de um jovem que nos fins de semana junto com seus familiares, descia e subia a sua lancha naquela rampa em frente ao meu apartamento na Praia de Olaria. Foram muitos verões observando aquela cena. Tais imagens ficaram durante muito tempo adormecida em minha memória. O tempo passou e há uns meses atrás, de repente, falando comigo ao telefone estava aquele mesmo jovem de ontem, mais experiente, mais dono de si. E depois de tantas conversas, trocas de opiniões e exposições de idéias Silney conquistou a minha amizade,  admiração e respeito. Acredito que no momento certo, pois Deus faz com que as pessoas atravessem nossos caminhos nas ocasiões mais oportunas. É uma amizade boa e quero preservá-la durante o tempo que tiver de ser.

                          Hoje morador e domiciliado em Mauá, Silney vem comprando uma briga desigual com a fraudulenta TELEMAR. Esta luta já vem desde 1999 e conta com adesão de muitos amigos que a cada dia se associam com mais força trazendo novos seguidores para lutar contra esta empresa imoral, pois todos não agüentamos mais tanta injustiça. O que há em comum entre Silney e estes novos amigos que a cada dia aumenta é o desejo de mudança, de transformação, de justiça, sentimento característico de homens com a alma jovem e coração transparente.

                          Nós moradores de Magé, durante décadas ficamos a "mercê" de falsos mageenses que só tinham como objetivo principal aumentar o seu patrimônio, fazendo da Coisa Pública um cabide de empregos para os seus. Tinham um "bom papo", eram "camaradas" e faziam filantropia em cima da desgraça dos pobres doando cestinhas básicas, financiando remédios etc., etc., etc. Esta é a cara do Brasil. O que se há de fazer? Mas tudo nesta vida tem um fim e a hora de mudar é esta. Silney vem com uma nova proposta política, com uma visão futurista, abrindo discussões a cerca do desenvolvimento do nosso distrito. Não se trata de nenhum aventureiro que veio para estas "bandas" aproveitando da inocência desse povo trabalhador, de alguém que desconhece os nossos problemas, que necessita organizar churrascadas para conquistar esta gente humilde exibindo sempre um sorriso angelical nos lábios.

                        Se você quer continuar com tudo que ainda está, feche os olhos para o futuro, viva o presente e deixe para os seus filhos a herança que herdamos dos políticos passados: desemprego no nosso município, passagens dos coletivos num valor estratosférico, o abuso das empresas Privatizadas ( Telemar, CERJ, CRT, ETC.) destruição do nosso ecossistema na Baía de Guanabara, permitindo a destruição  do nosso manguezal, pois o mesmo virou um loteamento e, conseqüentemente, trazendo miséria  para aqueles que da pesca tiram o sustento de suas famílias. Se você quer continuar na " mesmice" abra bem os ouvidos para ouvir os mesmos discursos de antes: tratamento da água e do esgoto; construção de ponte ligando Duque de Caxias e Mauá; Barcas ligando Mauá a Praça XV. São as mesmas histórias.

                      Mas se você quer mudar tudo isto. Se você quer ver a nossa juventude tendo uma vida mais sadia, com esporte, lazer, saúde, com educação de qualidade, trabalhando, produzindo, crescendo, vote em pessoas certas. jogue fora o que já é velho e viciado. Não se prenda a siglas. Vote no homem, no seu caráter, nas suas propostas. Magé precisa de transformação.

          Acredito nas tuas intenções Silney, de tentar fazer algo para que o povo de Magé saia deste atraso de décadas, acredito no que você fala, pois sinto sinceridade. Sei que a tua indignação é verdadeira quando se depara com algo injusto, desonesto. Isto se chama bom caráter e neste mundo bom caráter e determinação é algo que poucos homens têm e, quando têm se deixam contaminar por aqueles que estão no poder. Chega de errar. Chega de vacilar. Chega de incertezas. É hora de darmos um passo definitivo para um futuro próspero. É isto que daqui por diante estou tentando fazer da minha vida. Já vacilei muito. Já votei por consideração, por amizade, por conhecer a família do candidato, mas nunca votei por acreditar na pessoa, no homem. Às vezes conhecemos um homem pela firmeza das suas palavras, pela forma firme com que ele defende as suas idéias e é por isto que tenho muito prazer em escrever sobre você Silney, pois olhei nos teus olhos e vi neles o seu coração.

Nádia Maria S. Coelho

O Texto acima é de inteira responsabilidade de quem os envia e assina.

Clique Aqui Para Voltar

Para Voltar Clique no Logo Acima